.: Prefeitura De Araguaina :.
Quarta-feira, 27 De Maio De 2020 |    CLIMA: Sol com muitas nuvens. Pancadas de chuva a tarde e a noite. | Mínima: 22ºC | Máxima: 29 ºC



Cidadão Empresa Servidor Turista   Site Covid-19



campanhas





NOTÍCIAS

Secretaria promove caminhada de combate  ao abuso e exploração da criança do adolescente

Publicado: Data: 20/05/2013 Autor: Ascom

aumnetar letradiminuir letratamanho original imprimir
Plants: image 4 0f 4 thumb

Ação visou despertar o interesse da sociedade pelo assunto, estimular as denúncias e oferecer atendimento na rede de proteção municipal.

 

A Secretaria de Trabalho e Ação Social de Araguaína promoveu uma caminhada em mobilização ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual da Criança e do Adolescente na manhã desta sexta-feira, 17, às 8 horas, com saída da Praça do Galo, na Avenida Cônego João Lima, no Entroncamento. Os participantes percorreram toda a avenida em direção à Praça das Nações, onde a banda da Polícia Militar fará uma apresentação para o momento solene.

“Hoje Araguaína conta com uma rede de proteção bem estruturada que dá total apoio às vítimas de violência. Mas precisamos mobilizar a sociedade para denunciar os abusos”, esclarece a secretária Cleomar Ribeiro.

 

Ações municipais

 

Na base das ações sociais do município, os Centros de Referência em Assistência Social – CRAS oportunizam atividades de lazer e educação para crianças e adolescentes, incluindo também mulheres, gestantes e idosos. “Este é o primeiro passo para retirar os jovens das ruas e oferecer atividades que vão acrescentar coisas boas em suas vidas”, explica Núbia da Costa Marinho, secretária executiva.

Todavia, quando o direito é violado, o município ainda disponibiliza o Centro Especializado em Assistência Social – CREAS, que oferece atendimento psicossocial, com apoio de psicólogas e assistentes sociais, para as vítimas e familiares. O acompanhamento é constante e, quando necessário, é feito o encaminhamento para programas sociais. “O município dá todo o suporte necessário para a reestruturação do ambiente familiar. Mas para identificarmos os problemas, mais uma vez recorremos às denúncias da comunidade”, completa a secretária.

O Conselho Tutelar também atua diretamente garantindo os direitos previstos no Estatuto da Criança e do Adolescente junto aos casos de violência doméstica e exploração. Já as casas de acolhimento ofertam abrigo e acompanhamento para os casos já encaminhados pela Justiça.

Ainda dentro da rede de proteção municipal, o Conselho dos Direitos da Criança e do Adolescente debate as principais ocorrências na cidade e propõe estratégias de ação em parceria com os órgãos competentes.

No âmbito estadual, a rede conta com a Delegacia da Criança e do Adolescente, o Ministério Público, por meio da Promotoria da Infância e Juventude, e da Justiça, com a Vara da Infância e Juventude.

Publicado: Data: 20/05/2013 Autor:Ascom







voltar