.: Prefeitura De Araguaina :.
Domingo, 08 De Dezembro De 2019 |    CLIMA: Sol com algumas nuvens. Chove rapido durante o dia e a noite. | Mínima: 22ºC | Máxima: 33 ºC



Cidadão Empresa Servidor Turista  

campanhas





NOTÍCIAS

1º Desafio Brasileiro de Canoagem premia vencedores com R$ 22,5 mil

Publicado: Data: 02/12/2019 Autor: Ascom

aumnetar letradiminuir letratamanho original imprimir
Plants: image 4 0f 4 thumb

Evento realizado no fim de semana marcou início da implantação do Centro de Treinamento Olímpico de Canoagem e Triathlon de Araguaína 

 

Por: Adriana Santana | Foto: Marcos Sandes (Ascom)

 

Competidores de Araguaína e de vários estados do País participaram nesse fim de semana do 1º Desafio Brasileiro de Canoagem Velocidade na Via Lago. As provas foram realizadas no Lago Azul, com a presença da população que prestigiou o evento que marca a implantação da prática esportiva no Município, realizado da sexta-feira, 30, até esse domingo, 1º.

O evento foi realizado pela Prefeitura de Araguaína em parceria com a Confederação Brasileira e Tocantinense de Canoagem e a BRK. O desafio foi o início da implantação do Centro de Treinamento Olímpico de Canoagem e Triathlon, em conjunto com as duas confederações nacionais das modalidades.

“É um sonho, já está muito próximo de ser realizado, a implantação desse Centro de Treinamento, que será referência em toda Região Norte. Nosso objetivo é receber diversas competições a nível nacional e viabilizar a formação de atletas, buscando daqui um tempo ter alguém aqui de Araguaína participando dessas modalidades nas Olimpíadas”, destacou o prefeito Ronaldo Dimas.

Centro de Canoagem

O projeto já está em desenvolvimento, terá capacidade para atender e treinar 1500 crianças e jovens, e as obras previstas para terem início em maio/2020. Serão investidos R$ 5 milhões, destinados pelo senador Eduardo Gomes.

“Araguaína, por meio da sua gestão, abriu suas portas para a Canoagem e vimos aqui um evento que superou nossas expectativas tanto em estrutura quanto em organização. Acredito que o município está no caminho para se tornar referência nacional de canoagem”, conclui o Presidente da Confederação Tocantinense de Canoagem, Ton Fernandes.

Resultado do desafio

No sábado, os canoístas enfrentaram as provas eliminatórias das modalidades: Open de cinco mil metros na paracanoagem, masculino e feminino e K1 Open de 500 m masculino e feminino. No open de cinco mil metros, participaram, pela primeira vez, três competidores amadores de Araguaína. O primeiro colocado da categoria amador, Alcyr Batista Matos, finalizou a prova com o tempo de 32 minutos.

“Estou muito feliz porque sou o primeiro colocado da prova, mas minha alegria é maior ainda porque sou de Araguaína e o primeiro campeão amador, da primeira prova de canoagem da história”, disse Alcy Batista.

Final profissional caiaques

Na manhã do domingo, as disputas foram comandadas pelos profissionais. Na primeira prova do dia, em caiaques (K1), os atletas paraolímpicos brigaram pelos primeiros lugares. Melhor para Fernando Rufino, o “caubói de aço”, da equipe de Mato Grosso do Sul, um dos brasileiros classificados para as paraolimpíadas em Tóquio 2020, que finalizou a prova com o tempo de 2 minutos e 17 segundos.

“Araguaína está de parabéns pelo desafio, lago maravilhoso para a prática da canoagem e não perde para nenhum outro que já competi. Saio daqui com o primeiro lugar e também com o desejo de voltar em breve para outras competições”, destacou Rufino.

Na disputa em caiaques feminina 500m, primeiro lugar para Ediléia Matos dos Reis, da equipe de canoagem de Porto Nacional, que finalizou a prova em 2 minutos e 14 segundos.

Na principal competição masculina, representando Araguaína, o cubano Jorge Garcia, medalhista de ouro por cinco vezes nos Jogos Pan-Americanos, levantou a Bandeira do Município e o troféu de primeiro colocado, concluindo a prova com tempo de 1’53’’.

Final profissional Canoas

Nas finais em canoas (C1), a primeira disputa foi a feminina. A campeã brasileira da categoria, Luciana Costa, de Ubaitaba (Bahia), finalizou a prova em 3’05’’, garantindo a premiação de primeiro lugar.

“Que maravilha esse desafio, fomos muito bem recebidos por Araguaína e foi um prazer participar de uma competição tão bem organizada e que tem condições de receber muitos e muitos outros atletas nacionais”, disse a baiana.

O campeão masculino da competição nas canoas também foi da Bahia. Primeiro colocado Milton Luz, de Ubaitaba, cruzou a chegada com o tempo de 2´09’’.

Total em premiações

A Prefeitura de Araguaína, por meio da Secretaria da Educação, Cultura, Lazer e Esporte, premiou os três primeiros colocados com o valor total de R$ 22,5 mil em dinheiro, além de troféus e medalhas. Para os primeiros colocados de todas as categorias, a premiação de R$ 2 mil, os segundos lugares levaram R$ 1,5 mil e os terceiros receberam R$ 1 mil.
 
Resultado

Open 5000m paracanoagem
1º colocado: Fernando Rufino (Itaquiraí) – Medalha;
2º colocado: Uilliam Ferreira (Brasília) – Medalha;
3º colocado: Luciano Pereira (Brasília) – Medalha.
 
Open 5000m feminino
1º colocado: Bruna Vitória (Porto Nacional) – Medalha;
2º colocado: Luciana Costa (Ubaitaba) – Medalha;
3º colocado: Jennifer Rayelle ( Palmas) – Medalha.
 
Open 5000 masculino - profissional
1º colocado: Jorge Garcia – (Araguaína) – Medalha;
2º colocado: Matheus Henrique (Porto Nacional) – Medalha;
3º colocado: Carlos Eduardo Gomes (Porto Nacional) – Medalha.
 
Open 5000 masculino - amador
1º colocado: Alcyr Batista – (Araguaína) -  Medalha;
2º colocado: Rui Marques – (Araguaína) Medalha;
3º colocado: Adelsimon Júnior– (Babaçulândia) – Medalha.
 
K1 Paracanoagem – 500m
1º colocado: Fernando Rufino (Itaquiraí) -  R$: 2.000;
2º colocado: Uilliam Ferreira (Brasília) – R$ 1.500;
3º colocado: Luciano Pereira (Brasília) – R$ 1.000.
 
K1 Open masculino – 500m
1º colocado: Jorge Garcia – (Araguaína) - R$: 2.000;
2º colocado: - Willian Henrique Evangelista – (Porto Nacional) R$ 1.500;
3º colocado: Matheus Henrique (Porto Nacional) – R$ 1.000.
 
K1 Open feminino – 500m
1º colocado: Ediléia Matos (Porto Nacional) - R$: 2.000;
2º colocado: Bruna Vitória (Porto Nacional) - R$ 1.500;
3º colocado: Síria Priscilla (Porto Nacional) – R$ 1.000.
 
C1 Open feminino
1º colocado: Luciana Costa (Ubaitaba) -Bruna Vitória (Porto Nacional) - R$: 2.000;
2º colocado: Jennifer Rayelle (Palmas) - R$ 1.500;
3º colocado: Bruna Vitória (Porto Nacional) – R$ 1.000.
 
C1 Open masculino
1º colocado: Milton Luz (Ubaitaba) - - R$: 2.000;
2º colocado: Savio Jerlan (Ubaitaba) - R$ 1.500;
3º colocado: Evandilson Elísio (Ubaitaba) – R$1.000.

Publicado: Data: 02/12/2019 Autor:Ascom







voltar