.: Prefeitura De Araguaina :.
Quarta-feira, 27 De Maio De 2020 |    CLIMA: Sol com muitas nuvens durante o dia. Períodos de nublado, com chuva a qualquer hora. | Mínima: 22ºC | Máxima: 29 ºC



Cidadão Empresa Servidor Turista   Site Covid-19



campanhas





NOTÍCIAS

Levantamento traz mapeamento de Araguaína com imagens em alta resolução

Publicado: Data: 18/07/2019 Autor: Ascom

aumnetar letradiminuir letratamanho original imprimir
Plants: image 4 0f 4 thumb

Empresa que realiza o Cadastro Multifinalitário apresentou plataforma aos servidores municipais na quarta-feira, 17. Dados auxiliarão em ações de saúde, meio ambiente e educação

Por Marcelo Martin - Foto: Leila Mel/Ascom

A modernização do serviço público é fundamental para garantir o crescimento sustentável de Araguaína, com qualidade na educação, saúde, urbanização, infraestrutura e conservação ambiental. Para isso, a Prefeitura está investindo no Cadastro Técnico Multifinalitário, uma ferramenta para construção de plataforma para gestão pública com base em dados e cartografia integrada. O projeto foi apresentado aos servidores municipais nessa quarta-feira, 17, na sala de reuniões do gabinete da Prefeitura.
 
O trabalho de aerofotogrametria e levantamento do relevo por meio de sensores lasers de toda área urbana já foi realizado. Foram capturadas 1.150 imagens a uma altura de 900 metros do chão, com resolução de 10 centímetros por pixel, sendo possível identificar até uma sacola de lixo dentro de Área de Preservação Permanente (APP).
 
Planejamento das ações 
De acordo com o secretário municipal de Planejamento e Tecnologia, Frederico Prado, quando os dados forem incluídos na plataforma haverá uma mudança na maneira de planejar e realizar as ações públicas. “Será possível otimizar os recursos públicos para controle mais efetivo das endemias pela Saúde, otimizar o transporte escolar na Educação, proteger melhor as apps, criar e manter o planejamento urbano, entre outras atividades”, afirmou.
 
Araguaína sai na frente
O próximo passo será a distribuição de acesso aos técnicos municipais de diversas áreas para inclusão de dados que ajudem na formatação do cadastro mulfinalitário. A estrutura completa deve ficar pronta para pleno uso em 2021.
 
“A Europa realiza esse tipo de levantamento anualmente, mas é bem novo no Brasil. Apenas Rio de Janeiro e Brasília também fazem todos os anos. Na América do Sul, o Uruguai está investindo em todo território”, contou o engenheiro da empresa contratada Givanildo Silva.

Publicado: Data: 18/07/2019 Autor:Ascom







voltar