.: Prefeitura De Araguaina :.
Segunda-feira, 01 De Junho De 2020 |    CLIMA: Sol e aumento de nuvens de manha. Pancadas de chuva a tarde e a noite. | Mínima: 21ºC | Máxima: 32 ºC



Cidadão Empresa Servidor Turista   Site Covid-19



campanhas





NOTÍCIAS

Do currículo à entrevista: Profissionais dão dicas para conseguir um emprego

Publicado: Data: 15/02/2019 Autor: Ascom

aumnetar letradiminuir letratamanho original imprimir
Plants: image 4 0f 4 thumb

Pelo segundo ano consecutivo, Araguaína mantém a liderança estadual na geração de emprego; saiba como aproveitar o momento utilizando orientações de especialistas

Por Marcelo Martin - Foto: Marcos Filho Sandes/Ascom

De acordo com o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), o Município de Araguaína é líder de geração de empregos formais no Tocantins há dois anos, somando 2.862 novos postos de trabalho, o que corresponde a mais da metade do saldo estadual. Sendo destaque nacional em 2017, quando ficou entre as 50 cidades brasileiras que mais empregaram.
 
Com profissionais de Recursos Humanos, seguem abaixo dicas e alertas para ajudar quem quer aproveitar esse aquecimento e sair do desemprego.
 
Organizando as experiências
De acordo com a secretária executiva da Secretaria Municipal da Administração, Rejane Mourão, o primeiro passo é elaborar um currículo objetivo, contendo no máximo duas páginas. “Não há um modelo único. Só precisa ser claro e sem capa. Destaque o nome e contatos, incluindo redes sociais e e-mail. Nas experiências profissionais, as mais recentes são mais relevantes”.
 
Para a secretária executiva, o currículo é um retrato de como a pessoa se organiza e é preciso atenção nos objetivos. “Não precisa colocar todas as experiências profissionais, somente as que acrescentem para a vaga. Se for primeiro emprego e não houver o que colocar, foque nas qualidades, nos objetivos, no porquê tem interesse na área”, descreve. A dica também vale para cursos e atividades educativas.
 
Tente outra vez
A segunda dica é deixar outro currículo nos mesmos lugares em que já foram entregues, pois a tendência do recrutamento é utilizar os documentos mais recentes. “Às vezes naquele momento o currículo não é interessante para a empresa, mas pode passar a ser mais tarde. Então, depois de alguns meses sem resposta do RH, retorne até a empresa e deixe novamente”, alerta a psicológica Ana Carolina Moreira.
 
Comportamento e interesse
Outro conselho valioso é demonstrar interesse, se a empresa der abertura, caso contrário apenas esperar o contato. “A pessoa tem que absorver a informação quando entregar o currículo, se a pessoa escuta ‘dá uma ligadinha para saber como está’ ou ‘olha, a gente vai te retornar’. E se for entrar em contato, tome cuidado para não se tornar inconveniente”, alerta Magda Carvalho, superintendente da Administração e responsável pelo RH do Município.
 
Magda ainda explica que o maior interesse é demonstrado quando o contato da empresa é respondido rapidamente. Para isso, o interessado deve visualizar diariamente o e-mail e outros contatos deixados no currículo. “O interesse é mais demonstrado desde quando a pessoa deixa o currículo. E principalmente quando a gente liga a pessoa está esperando, não deixa o telefone de qualquer jeito e está preparada para aquilo”, afirma.

Publicado: Data: 15/02/2019 Autor:Ascom







voltar