.: Prefeitura De Araguaina :.
Domingo, 31 De Maio De 2020 |    CLIMA: Sol com algumas nuvens. Nao chove. | Mínima: 21ºC | Máxima: 32 ºC



Cidadão Empresa Servidor Turista   Site Covid-19



campanhas





NOTÍCIAS

Agentes de saúde da zona rural de Araguaína podem ter ajuda de custo da Prefeitura

Publicado: Data: 12/05/2016 Autor: Ascom

aumnetar letradiminuir letratamanho original imprimir
Plants: image 4 0f 4 thumb


Projeto será encaminhado para votação na Câmara de Vereadores. De acordo com o projeto, cada agente receberá mais R$ 300 em seus salários para custos com locomoção
 
Em reunião com o prefeito Ronaldo Dimas, na semana passada, 19 agentes comunitários de saúde (ACS) da zona rural de Araguaína apresentaram os custos com despesas de locomoção custeados pelos próprios agentes. Na reunião, ficou acordado que a Prefeitura encaminhará à Câmara de Vereadores, ainda este mês, um projeto de lei com base nos custos apresentados pelos agentes, cerca de R$ 300 mensais.

De acordo com o ACS Ubiraci de Sousa Lima, da região da Jacubinha, há cerca de 13 anos os agentes tentam junto à Prefeitura o custeio dessas despesas. “É o primeiro prefeito que está ouvindo a gente. Desde que entrei na Prefeitura, viemos realizando esse trabalho tão importante com recursos próprios”, pontuou.

Ao todo, a zona rural de Araguaína conta com o trabalho de 27 agentes comunitários de saúde.

Despesas
Os ACS citaram ainda que a distância entre uma casa e outra na zona rural chega a 10 km. “Os atendimentos da saúde na zona rural são desempenhados com qualidade, mas não temos condição de custear essas despesas. Uma casa é muito longe da outra”, disse Lima.

As despesas apontadas pelos agentes são referentes a combustível e manutenção das motocicletas usadas para locomoção. “Temos um custo alto, com óleo, gasolina, pneus e ainda quando quebra, tirávamos isso do nosso bolso”, acrescentou.

Projeto de lei
O prefeito Ronaldo Dimas ouviu os agentes e, diante dos cálculos das despesas, autorizou o envio do projeto de lei à Câmara. “Tenho conhecimento da situação de vocês, que não é justa. Já escrevi o texto com base no custo apresentado e peço ao secretário da saúde, Jean, que encaminhe esse projeto ainda este mês para ser votado pelos vereadores”, confirmou Dimas.

Os ACS receberam a notícia com aplausos. “Viemos tentar resolver e sair daqui com essa notícia para nós é uma vitória. Poderei gastar esse dinheiro com meus filhos e minha família”, finalizou o agente Ubiraci.

Participaram da reunião o secretário da Saúde, Jean Coutinho, e os vereadores Luzimar Coelho, Geraldo Silva e Luciano Santana.

Saúde
Durante a reunião, o secretário Jean Coutinho ainda informou aos agentes sobre as melhorias da saúde, que também chegarão à zona rural. Uma delas é a redistribuição de áreas para aperfeiçoar e ampliar a cobertura dos atendimentos, com abertura de novas vagas para contratação.

Outra melhoria apontada é a informatização das unidades básicas de saúde (UBS) e a agilização do trabalho dos agentes feito com o uso dos tablets.

O secretário informou ainda sobre a implantação do 0800 da Saúde. “Em breve, deveremos entrar em operação. Serão mais de 15 mil agendamentos de consultas por mês. E é importante o trabalho de vocês para que possamos fazer um trabalho preventivo, que é o papel das UBS”, lembrou.

Publicado: Data: 12/05/2016 Autor:Ascom







voltar