.: Prefeitura De Araguaina :.
Quinta-feira, 27 De Fevereiro De 2020 |    CLIMA: Sol e aumento de nuvens de manha. Pancadas de chuva a tarde e a noite. | Mínima: 22ºC | Máxima: 31 ºC



Cidadão Empresa Servidor Turista  


campanhas





NOTÍCIAS

Em programa de rádio, Dimas fala sobre UPA Vila Norte e Aterro Sanitário

Publicado: Data: 18/04/2016 Autor: Ascom

aumnetar letradiminuir letratamanho original imprimir
Plants: image 4 0f 4 thumb

Prefeito conversa com Ministério da Saúde para abrir unidade que vai ajudar no atendimento da população araguainense

Por Joselita Matos

Durante o Programa de Rádio Semanal “Fala, Prefeito!”, veiculado nesta segunda-feira, 18, o prefeito de Araguaína, Ronaldo Dimas, comentou para os ouvintes sobre a negociação com o Ministério da Saúde para abrir a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Vila Norte, além de falar sobre o Aterro Sanitário Intermunicipal da cidade, construído na atual gestão.

Dimas esclareceu aos ouvintes sobre a situação em que o Município vem tentando resolver para que possa abrir a UPA da Vila Norte. “O cidadão que faz o trabalho na gestão municipal tem que ter muita responsabilidade em relação aos serviços prestados. Porque não basta você simplesmente ir lá e construir uma unidade de saúde. Você tem que ter recursos para tocá-la, a mesma coisa com outras atividades. Mas principalmente na saúde”, pontuou.

O prefeito informou que o custo da Unidade de Pronto Atendimento, da obra e da instalação dos equipamentos, foi um pouco mais de R$ 2 milhões. “Só que para tocar, fazer com que ela funcione adequadamente, ela vai custar quase R$ 10 milhões por ano. Então faz uma festa, inaugura, e na hora que vai ver aonde onde é que está o dinheiro para tocar? Ah, não tem o dinheiro. E fica o problema”, afirmou.

Ainda de acordo com o prefeito, houve várias tentativas com o Governo Federal para se chegar a um denominador comum para a abertura e manutenção desta unidade. “Houve uma aprovação equivocada, porque cada Unidade de Pronto Atendimento é para atendimento a 200 mil pessoas. Nossa cidade, hoje tem 180 mil habitantes. Então foi aprovada na gestão passada, construída na gestão passada, a população era de 150 mil”, explicou.

Segundo Dimas, na época em que se entregou o prédio da UPA Vila Norte, já tinha uma outra em funcionamento.  “E aí você pergunta: como que aprovaram outra? Nem o próprio Ministério da Saúde sabe dizer”, comentou.

Custo UPA Araguaína Sul

O prefeito ainda explicou sobre os custos de manutenção da UPA Araguaína Sul. Segundo Dimas, o Governo Federal, que devia contribuir com a metade dos recursos, hoje passa, aproximadamente, 35%; 1/4 ou 25% era o Governo do Estado. “Sabe quantos anos, nem é meses mais, que o Governo do Estado já não passa recursos pra lá, mais de dois anos. Veja se é possível?”, desabafou.

De acordo com o prefeito, o que era de responsabilidade do Município que era pagar  aproximadamente R$ 200 mil por mês, hoje o Município paga na UPA R$ 500 mil por mês. “Então nós não temos como de onde tirar para uma outra unidade de pronto atendimento mais R$ 6 milhões por ano”, afirmou.

Segundo Dimas, a atual gestão vem tentando outra alternativa de funcionamento, junto ao Ministério, e em breve uma surpresa positiva será anunciada.

Aterro Sanitário

O prefeito aproveitou o programa de rádio para falar sobre o aterro sanitário construído pela atual gestão. “Antes era um lixão, agora não. Agora é um aterro sanitário, totalmente controlado, monitorado, licenciado por todos os órgãos ambientais do nosso município e do Estado”, destacou.

De acordo com Dimas, aproximadamente 110 mil quilos de lixo domiciliar são recolhidos diariamente e o lixo hospitalar começa a ser obrigação agora de cada unidade de saúde que produz. “Então ele tem que dar destinação correta e o tratamento pode ser feito até no nosso aterro sanitário”, explicou.

Essa unidade está equipada para o tratamento do resíduo de saúde, informou o prefeito. “Então, são autoclaves, em um ambiente totalmente isolado, fechado. Que faz com que esse resíduo hospitalar, diversas vezes muito perigoso, possa ser totalmente esterilizado e dar um destino final correto a ele. De fato essa situação ela mudou completamente, saímos do tempo do onça para a modernidade com responsabilidade”, finalizou Dimas.

Participação

O programa de rádio “Fala, Prefeito!” vai ao ar todas as segundas-feiras, às 7 horas, com reprise às sextas-feiras, no mesmo horário, em três rádios da cidade. No programa, o prefeito faz anúncios dos trabalhos que estão em andamento, o que está sendo planejado e será realizado pela administração municipal, além de proporcionar um espaço para esclarecimento de dúvidas da comunidade.

A participação da comunidade é feita por meio de perguntas que podem ser enviadas no e-mail[email protected] e no WhatsApp (63) 9955 – 3728. Qualquer pessoa pode acompanhar e participar.

Publicado: Data: 18/04/2016 Autor:Ascom







voltar